Posted in:

Contabilidade empresarial: entenda o que é, para que serve e como usar

mão se apertando

A contabilidade empresarial tem ganhado cada dia mais espaço no mercado.

Isso porque a área desempenha um papel fundamental nas organizações.

Essa atividade permite que os negócios melhorem seus processos financeiros e fiscais e garantam, dessa forma, um crescimento otimizado.

Além disso, a contabilidade empresarial é responsável por fazer com que a empresa atue dentro da lei e seguindo todas as normas e legislações do governo.

Dentre as atribuições da área está o planejamento estratégico.

Por essa razão, a contabilidade empresarial não é só um setor que cuida das burocracias. É também um departamento que apoia as decisões gerenciais.

Ou seja, sua atuação ajuda a reduzir custos com o pagamento de impostos, a otimizar os gastos e definir ações que impactam diretamente no funcionamento da organização.

É bastante coisa, não é mesmo?

Então, se você quer saber mais sobre essa área, para que exatamente ela serve, seus principais benefícios e aplicações, continue a leitura!

Neste artigo, trazemos um guia completo com tudo sobre esse segmento da contabilidade.

Confira!

O que é a contabilidade empresarial?

A contabilidade empresarial é um ramo da contabilidade que envolve todas as atividades e instrumentos contábeis de uma empresa e de suas rotinas profissionais.

Ou seja, ela engloba todos os processos fiscais, tributários, previdenciários, legais e legislativos que envolvem o funcionamento de uma empresa.

Tudo isso buscando manter o negócio regularizado junto ao governo e, principalmente, em pleno funcionamento.

Nesse sentido, a contabilidade empresarial é o setor que atua para que se cumpra as exigências fiscais.

E, nessa tarefa, avalia, verifica e detecta irregularidades e incompatibilidades nos relatórios contábeis.

Por esse motivo, ela é tida como uma área essencial, uma vez que suas análises e estudos permitem aos gestores entender melhor os aspectos econômicos do negócio e tomar decisões mais seguras e eficazes.

Contabilidade trabalhista

Uma das áreas da contabilidade empresarial e que é de grande importância para manter as equipes motivadas e satisfeitas é a contabilidade trabalhista.

Este setor atua de forma a assegurar que todos os trabalhadores da organização tenham acesso aos direitos previstos pela lei, além de uma remuneração justa e em dia.

Para tanto, é ela quem administra, de forma eficiente, todas as questões relacionadas à folha de pagamento e os demais deveres que a empresa tem com seus profissionais.

Responsável por monitorar a relação entre a empresa e o público interno, a contabilidade trabalhista também organiza as férias de funcionários, garante o pagamento do 13° salário, multas rescisórias e outras obrigações trabalhistas.

Contabilidade societária

Existe ainda a contabilidade societária, que é a responsável por avaliar as leis que dizem respeito à constituição de sociedades, registro de empresas ou registro civil de pessoas jurídicas.

Mas, mais do que isso, ela trabalha para apresentar de forma clara e segura a real situação econômica e financeira da empresa por meio de documentos como o Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Essencial para empresas que possuem mais de um participante em seu capital, a contabilidade societária trata de todos os aspectos contábeis que envolvem a relação entre os sócios de um empreendimento e as suas regras.

Por conta dessas obrigações, o profissional que deseja trabalhar na área deve conhecer profundamente toda a legislação que rege a abertura de empresas, as regras para união de negócios e as normas sobre investimentos feitos por uma organização em outra.

Contabilidade comercial

Já a contabilidade comercial é o segmento que mede o patrimônio de uma empresa ou organização que é tida como uma entidade comercial.

Ou seja, ela trata de todo o conjunto de bens, direitos e obrigações do comerciante.

De acordo com Hilário Franco, contador paulista, autor de algumas obras, como “Contabilidade Geral”, que é tido como referência na área, a contabilidade comercial estuda e controla o patrimônio de empresas comerciais com o objetivo de oferecer informações sobre sua composição e variações.

Portanto, é o segmento contábil que acompanha a oscilação quantitativa e qualitativa dos bens, ativos, direitos e obrigações de entidades comerciais para entender não apenas o seu quadro econômico, mas também a sua atividade e resultados.

Tudo isso por meio do registro de fatos administrativos e contábeis da gestão da organização.

Atividades da contabilidade empresarial

Contabilidade empresarial, Mãos montando quebra cabeça
Atividades da contabilidade empresarial

Diferentemente do que muitos podem pensar, as atividades da contabilidade empresarial não envolvem somente as burocracias.

Mais do que realizar ajuste em processos tributários e fiscais da empresa para que fiquem em conformidade com a legislação, essa área também entrega soluções, ferramentas e informações para a tomada de decisão de gestores.

Nesse sentido, podemos destacar que a contabilidade empresarial serve de suporte para a contabilidade gerencial, uma vez que todas as suas ferramentas, rotinas e entregas fornecem dados gerenciais para que os gestores tomem melhores decisões e conduzam a empresa.

Mas, afinal, quais são as atividades dessa área?

Dentre as principais informações e dados fornecidos pela contabilidade empresarial, evidenciam-se:

  • Pagamento de obrigações fiscais, como impostos e taxas
  • Quitação de empréstimos ou parcelas
  • Entrada de receitas que vieram de vendas ou negociações
  • Dados sobre o nível de endividamento da organização
  • Valor total do patrimônio da empresa.

Para tanto, as principais funções e atividades da área consistem em:

  • Auxiliar na abertura da empresa, ajudando no planejamento financeiro, definição de constituição societária e regime tributário, constituição de capital social, entre outros fatores
  • Lidar com as obrigações contábeis e tributárias que fazem parte do dia a dia da empresa
  • Produzir balanços mensais
  • Avaliar a alteração do sistema societário, caso necessário
  • Controlar o orçamento e o fluxo de caixa
  • Lidar e organizar o pagamento de taxas e tributos
  • Auxiliar na elaboração do Balanço Patrimonial, da Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) e da Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados (DLPA)
  • Acompanhar, apurar e analisar as receitas, os custos e as despesas da empresa
  • Analisar a lucratividade e a rentabilidade da organização
  • Auxiliar na elaboração do planejamento estratégico (definição de objetivos e metas, análise dos campos de atuação que trarão mais retorno financeiro, criação de estratégias de crescimento, etc.)
  • Avaliar as novas linhas de crédito, empréstimos e financiamentos
  • Elaborar o planejamento tributário anual da empresa
  • Executar tarefas da área trabalhista, como registro de funcionários, elaboração da folha de pagamento e aviso de férias.

Para que serve a contabilidade empresarial?

Contabilidade empresarial, pessoas em um auditorial
Para que serve a contabilidade empresarial?

São muitos os benefícios e as vantagens que a contabilidade empresarial pode trazer para uma organização.

Além de fornecer suporte adequado para a gestão da instituição, ela ajuda na condução dos negócios, otimiza custos, favorece os processos contábeis, amplia as vendas e as receitas e mantém a empresa legalizada e em dia com suas obrigações.

Ela permite mais segurança no que diz respeito ao estado financeiro da empresa, garantindo uma atuação mais saudável, o que traz um diferencial competitivo.

Quer conhecer ainda mais razões para se dedicar à contabilidade empresarial?

Vamos a elas!

Melhoria na tomada de decisão

É a área responsável por realizar, por meio dos processos contábeis, procedimentos como:

  • Cálculo de ponto de equilíbrio
  • Desenvolvimento e controle de todo o planejamento orçamentário e tributário
  • Análise de indicadores, métricas e outros dados financeiros e contábeis
  • Definição de custos padrões e projeção de fluxo de caixa
  • Utilização e implementação de ferramentas financeiras e não financeiras para avaliar os negócios, gerar valor, entender pontos fracos e fortes, analisar o mercado e oportunidades.

Tudo isso com o objetivo de coletar dados e informações concretas e seguras sobre o real cenário financeiro da empresa, para que os gestores tomem decisões mais embasadas para o futuro da organização.

Reforço do compliance

Nos últimos anos, vimos muitos escândalos de corrupção nos noticiários e isso fez com que o compliance ganhasse ainda mais destaque.

Essa palavrinha, que diz respeito à transparência das atividades empresariais, principalmente em movimentações financeiras e recolhimento de tributos, é afetada diretamente pela contabilidade empresarial.

Isso porque as atividades da área permitem otimizar a escrituração de todos os processos financeiros, fiscais e contábeis da empresa.

Dessa forma, contribui para minimizar os riscos de erros no cumprimento de obrigações e a ocorrência de fraudes, além da aplicação de multas e problemas com auditorias.

Maior rentabilidade

Um dos grandes objetivos de qualquer negócio é o lucro.

No entanto, ele é afetado não apenas por fatores internos, mas também externos que fogem ao controle da empresa, como o aumento de preços de fornecedores, ampliação de oferta dos concorrentes, entre outros.

Então, conseguir atuar na lucratividade ao otimizar práticas internas é uma ótima alternativa, uma vez que são fatores passíveis de controle e organização.

A contabilidade empresarial pode ajudar diretamente nisso, pois trabalha com a alocação de custos e recursos para garantir que os gastos fiquem dentro do orçamento e, com isso, protege a rentabilidade da empresa.

Melhor análise e obtenção de investimentos

Decidir o momento certo para expandir as atividades e crescer o negócio não é uma tarefa simples.

Isso faz com que a contabilidade empresarial tenha uma grande influência nesse cenário, uma vez que esse passo provavelmente dependerá da entrada de recursos financeiros de terceiros.

Além disso, ela é importante para permitir ao gestor avaliar o real cenário financeiro da empresa para saber se ela possui recursos suficientes para isso ou quanto de investimento será necessário.

Caso o empréstimo seja a opção escolhida, é importante que a empresa possua uma boa reputação no mercado para negociar melhores condições e conseguir investimento de forma sustentável, sem comprometer a sua saúde financeira.

Foco mais estratégico

Os relatórios contábeis permitem identificar quais as forças e as fraquezas do negócio, principalmente na área financeira.

Imagine que um gestor perceba que existe uma saída excessiva de capital.

Com essa informação em mãos, ele poderá avaliar quais são as ações necessárias para minimizar esses gastos e, com isso, melhorar o desempenho financeiro da empresa.

Ou seja, são documentos que possibilitam um foco muito mais estratégico sobre os processos e procedimentos internos, fazendo com que a gerência tenha informações relevantes, realistas e detalhadas para realizar melhorias.

Apoio a outros setores

A contabilidade empresarial tem um olhar da empresa como um todo.

Essa visão holística permite analisar a eficiência financeira de cada setor da organização.

É o que permite aconselhar e orientar os outros departamentos sobre formas de melhorar seus processos e otimizar gastos.

Como aplicar na empresa?

Pessoas em uma reunião.
Como aplicar na empresa?

Quando o assunto é implementar uma nova área na empresa ou trazer novos processos e procedimentos, não existe receita de bolo.

Isso porque cada organização possui características próprias, uma cultura e particularidades.

Mas existem algumas dicas e estratégias que podem ajudar.

Vamos falar sobre elas agora.

Planejar é essencial

Em qualquer empresa, realizar um bom planejamento estratégico é um passo muito importante para organizar, estabelecer objetivos e desenvolver as etapas necessárias para que eles sejam alcançados, favorecendo o desenvolvimento da organização.

É esse documento que permite à empresa projetar suas receitas e despesas, definir metas de investimento, remuneração e orçamentos das áreas.

Tendo isso em mãos, é possível organizar toda a parte financeira e contábil de forma mais simples e assertiva, o que possibilita um maior controle, o que é de grande valia para que a contabilidade empresarial possa ser aplicada.

Contrate bons profissionais

De nada adianta ter um planejamento bem feito, se você não tiver uma equipe capacitada para colocá-lo em prática e acompanhar a sua evolução e realização.

Para que a contabilidade empresarial seja realmente efetiva, investir na contratação de profissionais experientes e com amplo conhecimento na área é essencial.

Existe ainda a possibilidade de contar com o apoio de uma consultoria ou empresa terceirizada.

Nesses casos, faça uma pesquisa sobre a credibilidade da instituição, converse com clientes e tenha certeza de que é uma empresa séria e capacitada para realizar o trabalho.

Fique de olho nos investimentos

Tendo uma equipe formada por profissionais capacitados, é possível avaliar de forma mais assertiva e encontrar as melhores opções de investimento.

Isso porque, qualquer negócio que queira crescer, evoluir ou se manter no mercado – seja ampliando sua estrutura, aumentando a produção ou diversificando o serviço – acaba precisando de capital.

Nesse sentido, é importante que o cenário financeiro e econômico da empresa seja avaliado por meio de dados seguros e concretos, que são fornecidos pela contabilidade empresarial.

Com isso, há a oportunidade de analisar o melhor tipo de captação de recursos a ser feito, além de saber onde buscar e conseguir melhores condições.

Controle o fluxo de caixa

Ter um controle frequente de todas as entradas e saídas financeiras da empresa é essencial para o trabalho da contabilidade empresarial.

É o fluxo de caixa que permite ao departamento saber o saldo do mês, entender a movimentação financeira da organização e estabelecer o que pode ser melhorado.

Além disso, possibilita que a empresa consiga prever a necessidade de investimentos e se organizar para despesas inesperadas.

Curso de contabilidade empresarial

Pessoas em uma reunião.
Curso de contabilidade empresarial

O curso de contabilidade empresarial tem o objetivo de trazer noções básicas da área para os alunos.

Voltado para profissionais de administração, ciências contábeis, economia, entre outros que desejam expandir seus conhecimentos, o curso pode ser de extensão ou uma pós-graduação.

Em sua grade curricular, estão matérias sobre contabilidade, legislação e mercado.

Tudo com o objetivo de que o aluno termine o curso com conhecimentos fundamentais sobre a contabilidade financeira voltada para a realidade empresarial.

Nesse sentido, quem optar por realizar o curso, terá disciplinas como:

  • História, conceitos e fundamentos da ciência contábil
  • Técnicas e ferramentas contábeis
  • Balanço Patrimonial (BP) e Demonstração de Resultado do Exercício (DRE)
  • A importância e o uso do Fluxo de Caixa
  • O objetivo da Demonstração do Valor Adicionado (DVA)
  • Contabilização de operações básicas financeiras e contábeis.

É um curso que une teoria e prática, uma vez que traz exercícios para validar o que foi visto durante as aulas, além de casos práticos para análise e discussão.

Conclusão

Ao longo do artigo, você pôde perceber que a contabilidade empresarial vai muito além de questões burocráticas.

Mais do que somente lidar com a legislação, compliance, pagamento de tributos e salários, essa área se tornou estratégica para muitas organizações.

Isso porque ela reúne dados e informações relevantes, que possibilitam aos gestores tomar decisões mais embasadas e assertivas sobre o futuro da empresa.

Além disso, vimos três esferas do setor (contabilidade trabalhista, societária e comercial), destacamos as atividades da contabilidade empresarial, algumas de suas vantagens e como aplicá-la dentro das organizações.

E não esqueça: é essencial que o departamento seja composto por profissionais especializados na área.

Nesse sentido, a formação em contabilidade assume papel relevante.

Na UPIS – Faculdades Integradas, você tem a opção de cursar a pós-graduação em Contabilidade Societária.

Ou, então, ingressar nos cursos de Auditoria e Contabilidade ou Controladoria e Contabilidade.

Ao escolher a UPIS, você tem a garantia de estudar na única instituição de Brasília com cursos de graduação, pós-graduação e MBA que possuem certificação internacional de qualidade, o ISO 9001.

Ainda tem alguma dúvida sobre o tema ou quer saber mais sobre os nossos cursos? Entre em contato conosco. Teremos prazer em atendê-lo e esclarecer seus questionamentos.

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos em suas redes sociais e de escrever o seu comentário campo logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *