Posted in:

Logística Empresarial: Qual a importância e como implementar hoje?

Logística Empresarial, Logística Empresarial: Qual a importância e como implementar hoje?

Saber o que é logística empresarial, não basta para cuidar bem dessa área e favorecer os resultados do negócio a partir dela.

É preciso compreender a sua importância e se dedicar ao processo, o que começa no planejamento das ações e na estruturação que a área exige.

A razão para isso é bem simples: a logística ajuda a reduzir custos, melhora os processos operacionais e, de quebra, aumenta a qualidade dos serviços.

Todos são aspectos fundamentais para se posicionar no mercado e buscar alguma vantagem competitiva.

Afinal, seus concorrentes também desejam produzir em menos tempo, realizar entregas mais rápidas e fazer mais com menos.

É exatamente nisso que a logística empresarial pode ajudar.

Então, quer saber mais sobre como tirar proveito da estratégia?

Neste artigo, vamos apresentar um guia completo sobre a logística empresarial, desde a sua importância, quando implementar e quais os profissionais e áreas responsáveis por ela.

Boa leitura!

O que é logística empresarial?

A logística empresarial é uma área da administração que busca caminhos para organizar os processos de produção da empresa e coordenar todos os aspectos envolvidos neles.

Conhecida como logística tradicional, se dedica a encontrar meios para melhorar a produção da empresa, aumentando a eficiência do trabalho e, consequentemente, a demanda e oferta do produto.

Mas, apesar de muitos acreditarem que a logística está limitada apenas aos setores de transporte, distribuição e estoque, ela abrange muito mais do que isso.

Ela atua na administração dos recursos financeiros, dos insumos, no planejamento de estocagem, no transporte e distribuição, no fornecimento de materiais, enfim, tudo o que está ligado à produção.

Por isso, a logística repercute no planejamento, na definição de estratégias, na melhoria dos processos e em outras questões que podem auxiliar a empresa a alcançar suas metas.

Para tanto, é responsável por quatro funções básicas do processo de produção: aquisição, movimentação, armazenamento e entrega de produtos.

Todo o planejamento logístico é realizado com o objetivo de melhorar a eficiência dessas atividades e, com isso, diminuir a distância entre o produto e a demanda.

Mas a logística empresarial também se relaciona com os fluxos de atividades e informações nos mais diversos setores da empresa.

Por esse motivo, ela busca reduzir os custos, elevar a lucratividade, ganhar agilidade para solucionar problemas e aumentar a satisfação dos clientes.

É por isso que pode ser fundamental para incrementar a produtividade e os resultados do negócio, além de representar um reforço na competitividade da sua empresa.

Quando surgiu a logística empresarial?

A logística pode até parecer, mas não é uma área nova. É utilizada desde os tempos bíblicos, quando combatentes se preparavam para as guerras.

Como essas disputas eram longas e ocorriam longe de onde as pessoas estavam, era preciso organizar o deslocamento das tropas e avaliar a quantidade de suprimentos que elas necessitariam.

Além do planejamento da movimentação dos carros de guerra e do transporte dos armazenamentos necessários para o local de combate.

Tudo isso exigia uma enorme organização logística, uma vez que envolvia a preparação dos soldados, o transporte de pessoas e equipamentos, a armazenagem e distribuição de alimentos, munição e armas.

Ou seja, durante muito tempo, a logística era relacionada à atividade militar.

Porém, terminada a Segunda Guerra Mundial, restou o aprendizado.

E entre as lições que ela deixou, estava a logística empresarial como necessidade para fazer frente a um mercado com competitividade crescente.

As empresas perceberam que poderiam aprender com as táticas de guerra e adaptá-las para a realidade organizacional.

Surgia aí a logística como conhecemos hoje no ambiente de negócios.

Qual o objetivo da logística empresarial?

logística empresarial, Homem segurando um tablet
Qual o objetivo da logística empresarial?

Logo de cara, na abertura deste artigo, já destacamos que a logística empresarial é a área que busca diminuir a distância entre o produto e o consumidor, atuando nos processos de produção da empresa.

Assim, tem como objetivo principal implementar e controlar o fluxo de estocagem e armazenamento dos insumos, dos materiais semiacabados e dos produtos finais de forma eficiente.

Para tanto, atua desde o ponto de origem até o local de consumo ou a entrega do produto, buscando atender ao cliente da melhor forma e entregando mercadorias de qualidade, no menor tempo.

Ma, o seu objetivo vai um pouco além disso.

A logística empresarial também busca apoiar as empresas nas tomadas de decisão, sendo um suporte estratégico ao atuar no gerenciamento e planejamento das atividades logísticas da empresa.

De acordo com a The International Society of Logistics (Sole), os principais objetivos da logística empresarial podem ser resumidos em oito Rs.

São eles:

  • Right Material (materiais certos)
  • Right Quantity (na quantidade certa)
  • Right Quality (na qualidade correta)
  • Right Place (no lugar certo)
  • Right Time (no tempo certo)
  • Right Method (com o método correto)
  • Right Cost (a um preço justo)
  • Right Impression (com uma boa impressão).

De forma resumida, então, podemos dizer que o objetivo principal da logística é garantir a disponibilidade do produto certo, na quantidade correta, nas condições certas, no local correto, no tempo certo, para o cliente certo e a um custo justo, causando uma boa impressão.

Como a logística empresarial pode ajudar minha empresa?

Como vimos acima, a logística organiza o fluxo dos processos de produção, de informações e de pessoas, buscando realizar entregas com agilidade e apoiar estrategicamente a empresa.

Para que isso seja possível, ela utiliza um conjunto de estratégias para conduzir os processos de forma ágil e eficaz, buscando gerenciar as seguintes etapas:

  • Coleta de informações
  • Gestão de estoques
  • Armazenagem
  • Gestão de compras
  • Transporte e movimentação de produtos
  • Estratégias financeiras
  • Fluxo de armazenagem de materiais
  • Produção.

Ou seja, ela trata do planejamento, da implementação e do controle de todos os processos logísticos e do fluxo de informação dentro da empresa.

Assim, compete a ela organizar os suprimentos e a sua distribuição de forma racional e eficiente, realizando o controle de todas as atividades ligadas à aquisição, movimentação e venda de mercadorias e materiais.

Com isso, a logística se torna uma ferramenta fundamental para a organização, uma vez que aumenta a eficiência operacional e permite customizar os serviços para atender melhor à demanda dos clientes.

Tudo isso traz inúmeros benefícios para o negócio – vantagens essas que destacaremos mais à frente.

Quando devo começar a me preocupar com logística empresarial?

logística empresarial, Homem segurando uma prancheta
Quando devo começar a me preocupar com logística empresarial?

Coloque-se no lugar do consumidor para responder a essa pergunta.

Imagine quantas vezes você já desistiu de comprar algum produto pela internet porque o prazo de entrega era muito longo ou o frete caro demais?

Alguma vez você já parou de frequentar algum restaurante ou lanchonete, pois itens do cardápio estavam em falta?

Situações assim acontecem, pois essas empresas provavelmente estão com problemas em seus processos de logística, com fornecedores ou, então, na gestão de seus estoques.

Você não gostaria de perder clientes ou fornecedores por deixar de lado os cuidados com a logística empresarial, concorda?

Além de diminuir o faturamento, você provavelmente teria retornos ruins sobre a imagem da sua empresa no mercado.

Mas o que esses exemplos querem mostrar?

Que se preocupar com a logística deve ser prioridade em qualquer empresa, principalmente no que diz respeito à gestão de estoque, armazenagem e transporte.

É importante realizar o planejamento logístico logo no momento da abertura do negócio.

Afinal, nesse momento, você mapeia os processos críticos e as etapas que precisam de maior atenção para que aconteçam com tranquilidade.

Onde a logística empresarial irá atuar em minha empresa?

A logística empresarial é uma área abrangente, repercutindo em diversos setores e processos da organização.

Cada empresa deve aplicar o processo de acordo com suas demandas e objetivos, mas a demanda costuma se fazer presente nas seguintes áreas:

Armazenagem

A logística pode auxiliar na escolha do melhor local para implementação do Centro de Distribuição (CD) ou no aluguel de galpões, levando em conta as rotas de transporte, a proximidade dos clientes, tributação e outros fatores.

Embalagem

Além de auxiliar na negociação com fornecedores, prezar pela qualidade e o custo das embalagens, a logística realiza o estudo para a escolha da embalagem mais adequada ao produto da empresa.

Estoque

Nesta área, a logística atua na organização e controle dos pedidos, do estoque de mercadorias, da necessidade de aquisição de insumos, entre outros.

Além disso, ela realiza estimativas mais complexas, como a previsão de demanda e a análise de curva ABC.

Transporte e gestão de frota

Definir a melhor transportadora, realizar o planejamento de rotas, fazer a programação dos pagamentos e organizar a gestão de ocorrências durante o transporte de mercadorias são algumas das atividades logísticas nesta área.

Mas não são todas as empresas que possuem frota própria, então, para as que têm, a logística pode auxiliar realizando análises sobre o desempenho dos carros, a renovação dos veículos, gestão da manutenção e, até mesmo, emissão de poluentes.

Supply Chain

Uma das principais áreas de atuação da logística, o gerenciamento da cadeia de suprimentos é o setor que permite acompanhar não apenas os processos internos, mas também os de fornecedores e transportadoras.

Aqui, o objetivo é integrar os envolvidos para trazer mais eficiência para os processos, melhorar a produtividade e aumentar a competitividade.

Quem são os profissionais responsáveis por aplicar a logística empresarial?

Como vimos, são muitas as áreas nas quais a logística pode atuar em sua empresa.

Para isso, especialistas são essenciais para o correto andamento dos trabalhos.

Temos aí demandas de armazenagem, estoque, embalagem, processamento de pedidos, supply chain e transporte.

As opções são muitas, mas o importante é que o profissional conheça toda a cadeia de produção, tenha visão estratégica dos processos e, de quebra, se interesse por tecnologia.

Além disso, quem atua na área de logística precisa entender – e muito – sobre os métodos de aquisição, recebimento, armazenagem, distribuição e transporte de mercadorias.

Tudo com foco em reduzir custos e tempo, aumentando a eficiência dos processos e em busca da melhoria contínua.

Para tanto, profissionais formados em Engenharia, Administração e Economia costumam se especializar na área, além daqueles que realizam cursos tecnólogos em logística.

Esses profissionais atuam em setores como controladoria, logística, expedição, almoxarifado e compras.

Na UPIS, a graduação em Administração conta com uma disciplina específica de logística empresarial, o que ajuda a preparar os futuros gestores para os desafios da área.

Por que devo me preocupar com minha logística empresarial?

São muitas as razões para se preocupar com logística empresarial em uma empresa.

Você já conheceu algumas delas ao longo do artigo até aqui.

Mas para que não restem dúvidas, vamos relacionar os principais benefícios trazidos pela implantação do processo na organização.

Redução de custos e de desperdícios

Toda a cadeia dos eventos que envolvem o processo logístico pode impactar positivamente no negócio, trazendo economia para a empresa.

É exatamente por esse motivo que o planejamento logístico deve ser bem feito e realizado em cada setor da organização.

Os resultados aparecem ao avaliar toda a infraestrutura de transporte e estocagem, além de ajustar as estratégias de distribuição ao identificar problemas e gargalos.

Maior visibilidade dos processos

Com uma logística empresarial eficiente, a empresa consegue acompanhar todos os processos de perto.

Isso permite encontrar falhas mais facilmente, podendo agir de maneira eficiente para melhorar os serviços.

Eficiência e agilidade

Logística empresarial, Homem trabalhando com um notebook e uma mulher, ao lado, segurando um tablet
Por que devo me preocupar com minha logística empresarial?

Ao ter o processo otimizado pela implementação da logística, as cargas podem ser remanejadas em menos tempo, o que aumenta a qualidade e a precisão das entregas.

Ou seja, traz eficiência e agilidade para toda a operação logística da empresa.

Aumento nos lucros

Quando aplicada corretamente, a logística empresarial reduz os custos operacionais.Então, consequentemente, ela permite aumentar os lucros. Mas como?

Principalmente com a ajuda de tecnologias e o uso de softwares de gestão.

Eles permitem otimizar o trabalho das áreas que envolvem a logística e, com isso, as atividades são realizadas de forma mais estratégica, oferecendo melhores condições para o caixa da empresa.

Aproveitamento de ponta a ponta

O planejamento logístico permite que os insumos sejam assegurados, chegando até as indústrias dentro do prazo, para que sejam acomodados e utilizados da forma correta, o que reduz o desperdício.

Além disso, possibilita que os processos de distribuição tenham estratégias eficientes para que os produtos cheguem aos consumidores de forma precisa e com qualidade.

Ou seja, é um esforço cíclico, no qual uma etapa depende da outra para que seja bem-sucedida.

Aumento na integração de setores

Quando a logística empresarial é implementada, permite que ocorra a integração dos setores, fazendo com que todos trabalhem juntos em busca de um mesmo resultado.

Dessa forma, favorece a comunicação, o trabalho em equipe e foca na eficiência, no cumprimento dos prazos e dos objetivos.

O que é administração de logística?

A administração de logística é uma área que junta técnicas de administração com questões de logística.

Compreende os processos de planejamento, implementação e controle de um fluxo eficiente e eficaz de matérias-primas, de gestão de estoque de produtos e, até mesmo, do fluxo de informação sobre eles – desde a sua origem até o seu consumo.

Tudo é feito com o propósito de prestar um atendimento de qualidade e entregar para o cliente o melhor serviço.

Além disso, as técnicas administrativas também podem ser utilizadas em questões como legislação aduaneira, comércio exterior, gestão de qualidade, modais de transporte, entre outros.

Quais são as atividades primárias da logística?

As atividades da logística são divididas em primárias e de apoio.

As primárias são aquelas fundamentais para o desenvolvimento das outras tarefas e, por esse motivo, contribuem com grandes parcelas do custo total.

Já as de apoio são essenciais para a continuidade das primárias e compreendem os processos de armazenagem, manuseio de materiais, embalagem de proteção, obtenção, programação de produtos e manutenção de informação.

Vamos relacionar agora quais são as atividades primárias.

Transporte

Considerada uma das atividades mais importantes da logística para muitas empresas, o transporte é o responsável pela movimentação de insumos e produtos.

Mas não é apenas isso.

Esta atividade inclui ao produto o valor de lugar, uma vez que o posiciona adequadamente para poder atender às demandas.

A atividade de transporte está relacionada, principalmente, às diversas formas que existem de se movimentar os produtos.

A escolha apropriada dos modais, a utilização correta da frota e uma boa elaboração dos roteiros são essenciais para o seu bom funcionamento.

Vale destacar que existem diversos meios de transporte disponíveis: aeroviário, dutoviário, ferroviário, marítimo e rodoviário – o predominante no Brasil.

Manutenção de estoque

Essa atividade tem como grande desafio manter o menor nível de estoque possível sem prejudicar a qualidade do serviço.

Ou seja, o objetivo é conservar a quantidade necessária para atender à demanda.

Para isso, existem diversas técnicas de gestão e sistemas que podem auxiliar no gerenciamento, como a logística lean ou o just-in-time.

Ela agrega ao produto o valor de tempo, pois disponibiliza a mercadoria ao cliente na hora em que ele deseja.

Então, manter uma gestão eficiente do estoque, aliada à velocidade do transporte, é fator essencial para o sucesso de uma empresa.

Processamento de pedidos

Considerada como a atividade que inicia o processo de movimentação dos produtos, o processamento de pedidos detém grandes responsabilidades.

Concentra menos custos, mas influencia desde a preparação até a expedição do pedido realizado, tendo como foco principal a administração do tempo.

O principal desafio está em reduzir o ciclo do pedido. Ou seja, diminuir o tempo entre a solicitação do produto pelo cliente e a entrega.

Para tanto, é importante contar com o apoio de sistemas eficientes de recebimento de pedido, aprovação de crédito, checagem de estoque, separação, expedição e entrega.

O que é PSL na logística?

Dois homens trabalhando em um depósito, um segurando uma prancheta, e o outro, segurando uma caixa
O que é PSL na logística?

Prestador de Serviços Logísticos, ou PSL, é o profissional ou empresa que tem como principal função realizar de forma terceirizada as atividades logísticas, como transporte, armazenagem, despacho aduaneiro, entre outras.

Esses profissionais têm o objetivo de atender as necessidades logísticas do cliente, oferecendo um serviço personalizado, estratégico e especializado.

Para tanto, o PSL oferece serviços em forma de contratos formais e atua em locais próprios ou nas instalações do cliente.

A terceirização dos serviços de logística tem o objetivo de reduzir os custos operacionais, uma vez que as empresas não precisam investir na contratação de funcionários.

Também pode aumentar a qualidade dos serviços, pois o PSL é especializado e em constante atualização.

Outro benefício está na maior flexibilidade e no aumento do controle das operações logísticas, o que permite a expansão do mercado de atuação da empresa.

O que faz um operador de logística?

Engana-se quem acredita que um operador de logística é um cargo ou profissão dentro da logística.

Na verdade, trata-se de um serviço prestado por uma empresa que realiza atividades de administração e mão de obra logística para outras organizações.

O seu principal objetivo é criar, planejar, implementar, desenvolver e administrar projetos que envolvem estoque, transporte e distribuição de produtos.

Dentre as principais áreas de atuação de um operador logístico, podemos destacar:

  • Transporte dos produtos
  • Armazenagem do estoque
  • Recebimento de pedidos
  • Embalagem e manuseio
  • Consultoria, gestão e administração logística
  • Mão de obra.

Para tanto, o operador logístico precisa conhecer todas as entradas e saídas de mercadorias da empresa, mapear o fluxo logístico e, com isso, realizar o cálculo do ciclo de mercadorias/materiais.

Com isso, ele permite à empresa ter maior controle do estoque, da gestão de produtos, da expedição de materiais, do fluxo de entregas e recebimentos.

Conclusão

Neste artigo, você conheceu o que é a logística empresarial, seus objetivos, vantagens e principais atividades.

Também abordamos a administração de logística, descobrimos o que é PSL e o que faz um operador logístico.

Foi possível perceber que essa área não se restringe somente a grandes empresas e que ela pode otimizar os processos, além de elevar a produtividade e trazer mais satisfação para os clientes.

Muito mais do que apenas gerir estoques, a logística evoluiu desde os tempos de guerra e trouxe benefícios para a gestão como um todo, sendo de grande auxílio para gestores nas tomadas de decisão.

Você já conhecia todos os benefícios que a logística empresarial poderia trazer para uma empresa? Agora que está por dentro do assunto, que tal começar a colocar essa atividade em prática e aproveitar os seus benefícios?

Deixe um comentário ou faça contato conosco.

Se gostou do artigo, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *